MECINEP escla­re­cem supos­ta inva­são de hac­kers nos sis­te­mas SISUENEM

ByContato - Campus de Diamantino

MECINEP escla­re­cem supos­ta inva­são de hac­kers nos sis­te­mas SISUENEM

1- Os sis­te­mas do MEC e do Inep não regis­tra­ram, até o momen­to, indí­cio de aces­so inde­vi­do a infor­ma­ções de estu­dan­tes cadas­tra­dos, que con­fi­gu­re inci­den­te de segu­ran­ça;

2- Há rela­tos na impren­sa de casos pon­tu­ais de aces­so inde­vi­do a dados pes­so­ais de can­di­da­tos, que teri­am pos­si­bi­li­ta­do mudan­ça de senha e de dados de ins­cri­ção, como a opção de cur­so. A senha é sigi­lo­sa e só pode ser alte­ra­da pelo can­di­da­to ou por alguém que tenha aces­so inde­vi­da­men­te a dados pes­so­ais do can­di­da­to;

3- Casos indi­vi­du­ais que forem iden­ti­fi­ca­dos e infor­ma­dos ao MEC, como supos­ta mudan­ça inde­vi­da de senha e vio­la­ção de dados, serão reme­ti­dos para inves­ti­ga­ção da Polí­cia Fede­ral. Nos dois casos cita­dos pela impren­sa, o Inep já iden­ti­fi­cou no sis­te­ma data, hora, local, ope­ra­do­ra e IP de onde par­ti­ram as mudan­ças de senha. Os dados serão enca­mi­nha­dos para a Polí­cia Fede­ral;

4- Res­sal­ta­mos, tam­bém, que todas as ações rea­li­za­das no sis­te­ma são gra­va­das em log (regis­tro de even­tos em um sis­te­ma de com­pu­ta­ção), de for­ma a pos­si­bi­li­tar uma audi­to­ria com­ple­ta;

5- A Secre­ta­ria de Edu­ca­ção Supe­ri­or (Sesu) des­ta­ca que a atu­al ges­tão assu­miu a pas­ta em maio de 2016, com o pro­ces­so do Enem 2016 em cur­so, na últi­ma sema­na de ins­cri­ções. Por isso, todo o sis­te­ma de ope­ra­ci­o­na­li­za­ção do Enem 2016, defi­ni­do na ges­tão ante­ri­or, esta­va em fun­ci­o­na­men­to e não pôde ser alte­ra­do no meio do pro­ces­so;

6- Para o Enem 2017, as equi­pes do Inep e da Sesu estão tra­ba­lhan­do para aper­fei­ço­ar o exa­me, de for­ma a garan­tir segu­ran­ça e tran­qui­li­da­de aos ins­cri­tos.

Casos

Gabri­e­la de Sou­za Ribei­ro – A can­di­da­ta que ale­ga ter tira­do nota mil na reda­ção do Enem 2016, na ver­da­de, obte­ve 460 pon­tos. Cons­tam dos regis­tros do Sisu aces­sos com os dados da can­di­da­ta nos dias 24 e 29 de janei­ro, res­pec­ti­va­men­te, às 11h30 e 12h33, e em nenhum deles foi rea­li­za­da ins­cri­ção em qual­quer cur­so.

Tere­zi­nha Gomes Lou­rei­ro Gayo­so – Cons­tam dos regis­tros do Sisu aces­sos nos dias 24 e 29 de janei­ro, res­pec­ti­va­men­te, às 12h15 e 22h12. O sis­te­ma tam­bém apre­sen­ta três ten­ta­ti­vas de aces­sos sem suces­so (no dia 24 de janei­ro, sen­do dois deles às 20h06 e o últi­mo às 20h07). A úni­ca opção de esco­lha de cur­so que está regis­tra­da é a do cur­so de pro­du­ção de cacha­ça do Ins­ti­tu­to de Edu­ca­ção, Ciên­cia e Tec­no­lo­gia do Nor­te de Minas Gerais – Cam­pus Sali­nas, rea­li­za­da no dia 29 de janei­ro às 22h14, con­for­me últi­mo aces­so regis­tra­do no Sisu. A can­di­da­ta con­cor­reu à vaga na moda­li­da­de de can­di­da­tos com ren­da fami­li­ar bru­ta per capi­ta igual ou infe­ri­or a 1,5 salá­rio míni­mo que tenham cur­sa­do inte­gral­men­te o ensi­no médio em esco­las públi­cas (Lei nº 12.711/2012). Cabe res­sal­tar que, em 2011, a refe­ri­da can­di­da­ta ficou na lis­ta de espe­ra do Sisu pelo cur­so de medi­ci­na.

Asses­so­ria de Comu­ni­ca­ção Soci­al

Fon­te: Per­fil ofi­ci­al do MEC no Face­bo­ok

About the author

Contato - Campus de Diamantino administrator