Capes abre sele­ção de bol­sa para pro­fes­sor no Rei­no Uni­do

ByContato - Campus de Diamantino

Capes abre sele­ção de bol­sa para pro­fes­sor no Rei­no Uni­do

Para apro­fun­dar a coo­pe­ra­ção aca­dê­mi­ca entre ins­ti­tui­ções de ensi­no supe­ri­or e cen­tros de pes­qui­sa bra­si­lei­ros e estran­gei­ros, a Coor­de­na­ção de Aper­fei­ço­a­men­to de Pes­so­al de Nível Supe­ri­or (Capes) vai con­ce­der bol­sa para pro­fes­sor sêni­or do Bra­sil, espe­ci­a­lis­ta em his­tó­ria e huma­ni­da­des bra­si­lei­ras, para o Rei­no Uni­do. As ins­cri­ções para a Cáte­dra Cel­so Fur­ta­do – St. John’s Col­le­ge, de Cam­brid­ge, podem ser fei­tas até as 17h de 22 de feve­rei­ro, exclu­si­va­men­te pela inter­net. O edi­tal nº 1/2017 foi lan­ça­do na quin­ta-fei­ra, 12. O nome da cáte­dra é uma home­na­gem ao eco­no­mis­ta e pen­sa­dor bra­si­lei­ro, um dos mais des­ta­ca­dos inte­lec­tu­ais do país ao lon­go do sécu­lo 20.

O pro­gra­ma pre­vê a con­ces­são de bol­sa na ins­ti­tui­ção anfi­triã de até 12 meses. Pela Capes, o sele­ci­o­na­do rece­be­rá 3.500 libras ester­li­nas, pagas nos meses de efe­ti­va per­ma­nên­cia no Rei­no Uni­do. No pri­mei­ro e últi­mo meses o valor da men­sa­li­da­de será pago pro­por­ci­o­nal­men­te ao perío­do de per­ma­nên­cia naque­le país.

Tam­bém será pago auxí­lio des­lo­ca­men­to no valor de 1.022 libras ester­li­nas caso a bol­sa con­ce­di­da seja igual ou infe­ri­or a seis meses e 2.044 libras ester­li­nas caso a bol­sa con­ce­di­da seja de sete a 12 meses. O auxí­lio des­lo­ca­men­to é des­ti­na­do à com­pra de pas­sa­gens aére­as e ter­res­tres entre a cida­de de resi­dên­cia no Bra­sil e a cida­de da ins­ti­tui­ção anfi­triã.

O pro­gra­ma tam­bém pre­vê auxí­lio ins­ta­la­ção no valor de 3.500 libras ester­li­nas, pago em par­ce­la úni­ca, e auxí­lio de 90 libras ester­li­nas por mês de per­ma­nên­cia no exte­ri­or, pago em par­ce­la úni­ca, para des­pe­sas com segu­ro-saú­de, cuja con­tra­ta­ção é obri­ga­tó­ria e deve­rá ser com­pro­va­da jun­to à Capes por envio ele­trô­ni­co de cópia do con­tra­to.

Pela ins­ti­tui­ção anfi­triã, o pes­qui­sa­dor será bene­fi­ci­a­do com aces­so às ins­ta­la­ções e ser­vi­ços da uni­ver­si­da­de nor­mal­men­te for­ne­ci­dos a aca­dê­mi­cos visi­tan­tes, como espa­ço de escri­tó­rio e cone­xão à inter­net, labo­ra­tó­ri­os e equi­pa­men­tos, bibli­o­te­cas, e qual­quer outra cor­te­sia ou como­di­da­de nor­mal­men­te for­ne­ci­da à comu­ni­da­de aca­dê­mi­ca; cus­to de matrí­cu­la na facul­da­de; e alo­ja­men­to resi­den­ci­al para uma pes­soa sol­tei­ra. No caso de bol­sis­ta acom­pa­nha­do pela famí­lia, a facul­da­de con­tri­bui­rá com o valor de 590 libras ester­li­nas por mês para as des­pe­sas de alo­ja­men­to em Cam­brid­ge.

O resul­ta­do da cáte­dra está pre­vis­to para ser divul­ga­do até julho des­te ano e o iní­cio das ati­vi­da­des a par­tir de outu­bro. A sele­ção será em qua­tro eta­pas: aná­li­se téc­ni­ca dos docu­men­tos, aná­li­se de méri­to, pri­o­ri­za­ção das can­di­da­tu­ras e deci­são final. Todas são de cará­ter eli­mi­na­tó­rio, sen­do as duas últi­mas de cará­ter tam­bém clas­si­fi­ca­tó­rio.

Expe­ri­ên­cia – Sele­ci­o­na­do no pri­mei­ro edi­tal do pro­gra­ma, em 2014, o coor­de­na­dor do pro­gra­ma de pós-gra­du­a­ção em ciên­cia polí­ti­ca da Uni­ver­si­da­de Fede­ral de São Car­los (Ufs­car), Pedro Flo­ri­a­no Ribei­ro, ava­lia que esse inter­câm­bio traz ganhos cole­ti­vos que podem ir mui­to além da aca­de­mia. Segun­do ele, aju­da a ampli­ar o conhe­ci­men­to que outros paí­ses têm sobre o Bra­sil. O que pode pro­pi­ci­ar, entre outros, ganhos com acor­dos comer­ci­ais entre os paí­ses.

Vol­tei com novas abor­da­gens para meus alu­nos e ori­en­tan­dos. O inter­câm­bio abre novas pers­pec­ti­vas e dá aces­so ao que está sen­do desen­vol­vi­do nos cen­tros mais avan­ça­dos de estu­dos, além de levar o nome do Bra­sil para essas ins­ti­tui­ções. É uma via de mão dupla”, con­ta. Com a expe­ri­ên­cia, ele tam­bém tem con­di­ções de fir­mar acor­dos para envi­ar estu­dan­tes da sua ins­ti­tui­ção para o exte­ri­or.

Duran­te os meses que per­ma­ne­ceu em Cam­brid­ge, o pro­fes­sor se dedi­cou à pes­qui­sa sobre a rela­ção entre o fede­ra­lis­mo e os par­ti­dos polí­ti­cos no Bra­sil, e tra­tou sobre a neces­si­da­de da orga­ni­za­ção des­sas ins­ti­tui­ções em dife­ren­tes níveis: fede­ral, esta­du­al e muni­ci­pal.

Con­fi­ra o edi­tal nº 1/2017

Aces­se a pági­na do pro­gra­ma, onde podem ser fei­tas as ins­cri­ções

Fon­te: http://​por​tal​.mec​.gov​.br/​c​o​m​p​o​n​e​n​t​/​c​o​n​t​e​n​t​/​i​n​d​e​x​.​p​h​p​?​o​p​t​i​o​n​=​c​o​m​_​c​o​n​t​e​n​t​&​a​m​p​;​v​i​e​w​=​a​r​t​i​c​l​e​&​a​m​p​;​i​d​=​4​4​0​9​1​:​c​a​p​e​s​-​a​b​r​e​-​s​e​l​e​c​a​o​-​d​e​-​b​o​l​s​a​-​p​a​r​a​-​p​r​o​f​e​s​s​o​r​-​n​o​-​r​e​i​n​o​-​u​n​i​d​o​&​a​m​p​;​c​a​t​i​d​=​2​2​2​&​a​m​p​;​I​t​e​m​i​d​=86

About the author

Contato - Campus de Diamantino administrator